Em artigo, João Derly defende a Primeira Liga

O deputado federal João Derly (Rede/RS) escreveu artigo para a coluna De Fora da Área, onde apoiou a criação da Copa Sul-Minas-Rio e da Primeira Liga.

 

Abaixo, a íntegra do texto.

 

 

"Diga Sim à Primeira Liga

 

Não importa se você veste a camisa do Inter ou do Grêmio. Se apoia o Coritiba, o Flamengo ou o Bahia. Ou se é sócio do Brasil de Pelotas, do Juventude ou do Glória de Vacaria.

Se você gosta do futebol, se visita os estádios ou se assiste pela TV, se torce pela Seleção e se vibra com os gols do seu time, deve apoiar a Primeira Liga.

E deve fazê-lo — não por achar que o torneio oferecerá grandes espetáculos futebolísticos nessa primeira edição. Nem pela possibilidade de seu clube conquistar um título agora, aproveitando que alguns concorrentes estão dividindo atenções com outros certames. Você deve ampará-la porque essa promissora união de clubes representa uma ameaça real ao poder autocrático, ditatorial e sujo que a Confederação Brasileira de Futebol representa.

Os clubes, organizados, podem ajudar a dar um fim à corrupção que campeia na entidade que comanda o futebol brasileiro e que, segundo está sendo provado por investigações no Brasil e no Exterior, fez enriquecer ilicitamente seus dirigentes. Alguns deles, inclusive, estão presos em cadeias dos Estados Unidos, constrangendo ainda mais os brasileiros amantes do futebol.

Se a Primeira Liga vingar, pode reorganizar o calendário nacional e planejar uma nova forma de distribuição das cotas de TV, que hoje promove uma verdadeira "espanholização" do futebol brasileiro com excessivos privilégios para Corinthians e Flamengo.

Eles recebem cotas tão absurdamente altas que criam um degrau técnico que impedirá, em pouco tempo, a salutar alternância de conquistas e de glórias e, ao fim e ao cabo, tirará a graça do futebol.

Enfim, a Primeira Liga — cuja formação é amparada pela Lei Pelé — é o sopro de novidade que tanto precisa o futebol do Brasil. Tem seus problemas, suas limitações e suas disputas internas, mas é a semente de um projeto que pode salvar o futebol e os clubes nos médio e longo prazos.

Então, a Primeira Liga é importante não pelo que ela é, mas pelo que ela pode ser no futuro.

E só por opor-se à CBF e aos seus atuais dirigentes, já merece o nosso apoio. Agora, resta saber se os clubes, normalmente desunidos e desarticulados, saberão resistir a todo o tipo de pressão que ocorrerá. Elas já começaram e irão se intensificar."

0 comentários

Comentar
Campo obrigatório!
Campo obrigatório!
Campo obrigatório!
Enviando
Comentário enviado com sucesso!
Há algo de errado. Por favor, revise os campos e tente novamente.
Carregando...
Carregar mais comentários

Acompanhe as redes sociais

fb.com/JoaoDerlyOficial

@joaoderly